Ir direto para menu de acessibilidade.
ptenfrdeites

Processo de Desenvolvimento dos Sistemas Integrados da UFLA

Publicado: Quarta, 08 Mai 2019 10:19 | Última Atualização: Quinta, 18 Julho 2019 08:50 | Acessos: 1583

A Visão Geral das Integrações entre os Sistemas Institucionais apresenta um panorama da complexidade envolvida na manutenção e evolução dos sistemas institucionais. Para se ter uma ideia, apenas o SIG-UFLA apresentava em Julho de 2019 as seguintes estatísticas:

  • Grupos (perfis): 105
  • Páginas relacionadas a grupos: 2.907 (mais páginas públicas)
  • Tabelas de banco de dados: 608
  • Relacionamentos entre tabelas: 977
  • Linhas de código: ~700.000
  • Classes: ~1.250
  • Métodos: ~6.700
  • Usuários ativos: 18.523 (desconsiderando usuários de eventos)
  • Média de requisições diárias: ~315.000

Para suportar a carga de utilização diária do SIG-UFLA, o sistema é mantido em uma infraestrutura clusterizada com três servidores em balanceamento de carga contínuo.

Para que os sistemas institucionais evoluam com qualidade e com o mínimo de retrabalho, é necessária a aplicação de um processo de software bem definido, com a participação ativa das áreas de negócio donas do processos informatizados pelos sistemas. Um processo de software pode ser entendido como uma sequência de atividades que leva à produção de um produto de software [2]. A Figura 1 ilustra o processo de software utilizado pela Coordenadoria de Sistemas de Informação/DGTI para evolução dos sistemas institucionais e integrações.

 

Mapa Integracao Simplificado

Figura 1 - Processo de Desenvolvimento dos Sistemas Institucionais e Integrações utilizado pela Coordenadoria de Sistemas de Informação da DGTI .

 
A Figura 1 exibe diversos papéis e atividades. Um papel constitui uma função a ser desempenhada por uma pessoa ou unidade. Para uma breve descrição dos papéis listados na Figura 1 acesse: Papéis do Processo de Desenvolvimento e Manutenção dos Sistemas Institucionais e Integrações.